19/07/13

SOMOS OU NÃO SOMOS IMPORTANTES

 

 O mundo da saúde está em mudança, se é que alguma vez parou de mudar. No caso dos Auxiliares de Acção Médica, a que agora chamam de Assistentes Operacionais e a que futuramente irão chamar de Técnicos Auxiliares de Saúde, parece que tudo está na mesma. Mas não, estão a realizar-se mudanças e não apenas em relação ao nome, mas desde 2010 que está aprovado um novo Referencial de Formação que está registado no Catálogo Nacional de Qualificações, conferindo aos Técnicos Auxiliares de Saúde conhecimentos e aptidões para trabalhar nos diversos serviços dos estabelecimentos de cuidados de saúde.
   A carreira de Auxiliar de Acção Médica, que tinha sido criada em 1980 por Decreto Lei nº109/80, só nove anos depois (!) e por Despacho Ministerial nº7/89 é que viu criado o Curso de Formação de Auxiliar de Acção Médica, com o objectivo de a partir desta data passaria a ser exigido para poder ingressar na carreira. Estava tudo definido e as tarefas seriam executadas sob orientação directa dos enfermeiros.
   Ainda a carreira dava os primeiros passos e já o Decreto-Lei nº231/92 regulava as carreiras gerais dos estabelecimentos e serviços dependentes do Ministério da Saúde. Com este decreto foram então alargadas as competências dos Auxiliares de Acção Médica que trouxeram consigo a necessidade de acrescidas competências técnicas e comportamentais.
   Em 2008, o Parlamento Europeu e o Conselho da União Europeia aprovaram e divulgaram o Quadro Europeu de Qualificações, através da Recomendação 2008/c 111/01, de 23 de Abril de 2008.
   Esta alteração e "obrigação" deu início a uma nova definição do novo perfil do Auxiliar de Acção Médica e que só foi concluído em 2010. Pelo meio, entre 2008 e 2010, foi aprovada a Lei nº12-A/2008 que acabou com as carreiras dos Serviços Gerais da Função Pública, passando os Auxiliares de Acção Médica para a carreira de Assistentes Operacionais, permanecendo na prática a sua actividade diária na mesma em relação às tarefas que lhe estavam atribuídas. Ao mesmo tempo que os Assistentes Operacionais nascem, pouco tempo depois, no Quadro Nacional de Qualificações surge apenas a profissão de Técnico Auxiliar de Saúde.
 

1 comentário:

Assistente Técnico disse...


Claro que somos TODOS importantes.

Parabéns pelo vosso Trabalho!

Assistente Técnico

www.assistente-tecnico.blogspot.com