04/01/07

AS FUNÇÕES DOS AUXILIARES DE ACÇÃO MÉDICA

Ao Auxiliar de Acção Médica compete, em especial:
a) Colaborar, sob supervisãotécnica, na prestação de cuidados de higiene e conforto aos
doentes;
b) Proceder ao acompanhamento e ao transporte de doentes em camas, macas, cadeiras de
rodas ou a pé dentro e fora do estabelecimento;
c) Auxiliar nas tarefas de alimentação no sector respectivo, nomeadamente preparar
refeições ligeiras e distribuir dietas, do regime geral e terapêuticas;
d) Preparar o material para a esterilização;
e) Ajudar nas tarefas de recolha de material para análise;
f) Preparar e lavar o material dos serviços técnicos;
g) Transportar e distribuir as balas de oxigénio e os materiais esterilizados pelos serviços
de acção médica;
h) Velar pela manutenção do material utilizado nos cuidados prestados aos doentes;
i) Proceder à recepção, arrumação e distribuição de roupas lavadas e à recolha de roupas
sujas e suas entregas;
j) Assegurar o serviço externo e interno de transporte de medicamentos e produtos de
consumo corrente, necessários ao funcionamento dos serviços;
l) Assegurar o serviço de mensageiro e proceder à limpeza específica dos respectivos
sectores, assim como dos seus acessos;
m) Colaborar com os respectivos serviços na realização dos trâmites administrativos
relacionados com as suas actividades;
n) Efectuar o transporte de cadáveres;
o) Proceder à limpeza das macas nos respectivos locais de trabalho;
p) Assegurar a manutenção das condições de higiene nos respectivos locais de trabalho.

NOTA: Este é o texto do D.L.nº231/92 (AnexoII).

No meu serviço, Medicina, as funções dos auxiliares são estas, excepto duas ou três que estão atribuidas a outros auxiliares do hospital. As tarefas estão aqui enumeradas mas parece-me que superficialmente, ao de leve...porque ser Auxiliar de Acção Médica num serviço de medicina interna num hospital central, meus amigos, é muitas vezes de loucos. O dia começa com as higienes(levar os doentes aos chuveiros, ajudar os enfermeiros a dar banho aos doentes acamados), depois o pequeno almoço a quem não consegue comer por si mesmo. Seguem-se uma série de tarefas de limpeza(fazer camas, limpar as enfermarias, W.C's, Chuveiros, salas de trabalho, farmácia e os instrumentos que necessitem de limpeza..., retiar os sacos do lixo e os sacos da roupa suja e levar para o respectivo local...).
Muitas vezes são quase horas de almoçar e nós, os auxiliares, estamos sem tomar o pequeno almoço. O serviço que temos para efectuar é tanto que não há tempo para parar e tomar alguma coisa quente.
Estes últimos meses, o serviço de medicina interna do hospital não descansa. As camas ainda estão ocupadas por um doente e no corredor já se encontra outro à espera para ocupar essa mesma cama.
Ouvi dizer que uma empresa de limpeza vai ter lá alguém para ajudar nas limpezas.
Oxalá que sim, que isso se concretize, pois vai deixar o Auxiliar com mais tempo para o doente, que é no fundo aquele a quem devemos dedicar mais tempo, mais atenção, mais cuidados e mais carinhos. É para eles, os doentes, que nós Auxiliares, nos devemos dedicar.

16 comentários:

Deusinha disse...

Concordo plenamente, que sejam retiradas das funções laborais de uma Axiliar de Acção Médica, os mais variados tipos de limpezas, com vista a dedicar mais do seu tempo ao doente, proporcionando-lhe, mais atenção, mais carinho, etc.
Uma Axiliar de Acção Médica, logo começa a ser vista como auxiliar de limpeza, que própriamente uma Axiliar de Acção Médica, como o seu próprio nme indica.

Deusinha disse...

Concordo plenamente, que sejam retiradas das funções laborais de uma Axiliar de Acção Médica, os mais variados tipos de limpezas, com vista a dedicar mais do seu tempo ao doente, proporcionando-lhe, mais atenção, mais carinho, etc.
Uma Axiliar de Acção Médica, logo começa a ser vista como auxiliar de limpeza, que própriamente uma Axiliar de Acção Médica, como o seu próprio nme indica.

Anónimo disse...

O ASSISTENTE OPERACIONAL E UM ELEMENTO MUINTO IMPORTANTE NUMA UNIDADE HOSPITALAR SO E DE LAMENTAR QUE A ALTERACAO DA DESIGNACAO DE AUXILIAR DE ACAO MEDICA PARA ASSISTENTE OPERACIONAL TENHA SIDO FEITA POR ALGUEM QUE NAO SAI DO GABINETE AO ENTAO NAO TEM CONHECIMENTO DO QUE FAZ CADA RESPETIVA PROFISSAO ISTO PORQUE PASSAMOS TODOS A.O TANTO E O QUE ESTA EM CONTACTO COM O DUENTE COMO O JARDINEIRO CARPINTEIRO SEM DESPRIMOR POR ESTAS ATIVIDADS

Anónimo disse...

Eu sou auxiliar de açcao medica e trabalho num bloco de urgencia e a minha funçao e apenas e exclusiva empregada da limpeza, pouco contacto tenho com o doente, e axo q o proprio nome indica somos Auxiliares de Açcao Medica e n Assistentes Operacionais, assim com esse nome somos pau para toda a colher nada mais, a q fazer valer o q somos Auxiliares de Açao medica.....

Anónimo disse...

bom dia eu vivo em França e sou auxiliar de acçao medica fico com pena que ai em portugal nao seija como aqui em frança tanbem temos limpezas a fazer mas nao tanto como ai e somos consideradas como um menbro importante da equipa enfermeiras e medicos couragem para voçes porque fazemos o melhor trabalho no mundo ;)

Anónimo disse...

Boa noite eu sou a auxiliar de acção medica nos nao somos reconhecidos nem por medicos nem por enfermeiros nem por chefe as pessoas pessam que somos empregadas de limpeza mas nao nos somos muito util para o doente para medicos para os enfermeiros uma coisa medicos precisam dos enfermeiros e os enfermeiros precisam dos medicos ambos os dois sectores precisdam de nos para tudo porque eles nao conseguem viver sem nos isso e uma grande verdade nos como se dizx somos escravas mas nao e bem isso eu gosto aquilo que eu fazxo mas atravez do ente nao como empregada de limpeza porque eu vi erntrar para hospital para tratar do ente que precisdam de nos nao como empregada de limpeza acho que em portugal e uma injustica total aquilo que recebemos nao compesasa do dobro de trabalho que temos sobe de 24 horas ah 24 horas eu espero que um dia isto munda mas como o andar nunca vai mundar mas sim os doentes sabem como nos somos isso e principal

Anónimo disse...

Rosimar disse...
É colegas concordo plenamente com vocês eu sou técnico Em Enfermagem de nível médio, faço todo procedimento de enfermagem com relação a administração de medicação VO,IM,EV,ID,SC passagem de sondas nasogastrica e nasointeral,sonda de alivio sonda vesical enfim todos procedimentos que estar relacionado ao paciente,somos bem respeitados por médicos e enfermeiros,ñ fazemos nada de limpeza só em alguns objetos que faz parte do posto de enfermagem, exemplo cuba rim,carrinho de curativos e emergência, agora fico a questionar Portugal é um país de primeiro mundo como é que um aux. de ações médica eles ai colocam voces para fazer limpeza nossa que absurdo um profissional de saúde jamais deve fazer limpeza, sim higienizar os pacientes que não tem condições de se locomover tudo bem né,que falta de respeito com o auxiliar que estar ali auxiliando em vidas, até porque vai contaminar o paciente pois é colegas este caso é grave abraço a todos espero que sejam reconhecido o linda profissão de vocês fiquei triste como vocês são tratados ai abraço carinhoso.

Poetry With No Rhyme disse...

Por vezes os doentes idosos e dependentes estão afetados psicologicamente e o auxiliar de ação médica fica impossibilitado de ajudar. Na minha experiência parece ser melhor esperar que eles se aproximem de nós para o que querem que seja feito além dos cuidados básicos que lhes são providenciados. Um psicólogo nos centros de apoio domiciliário é indispensável nestes casos.

Anónimo disse...

Olá, boa tarde. Estou a realizar uma Prova de Aptidão Profissional de final curso onde irei falar das funções de um Auxiliar de Saúde numa Pediatria... Será que me pode ajudar ou tem algum colega que está a trabalhar ou já tenha trabalhado numa Pediatria para que eu possa entrar em contacto???
P.S: Deixo aqui o meu e-mail se caso me possa ajudar (Selma_pisca@hotmail.com)

Anónimo disse...

olá colegas.
Comecei por ser Auxiliar de Acção Médica e algum tempo depois passei a Assistente Operacional, este ultimo em nada me identifico, pois o 1º é especifico.
Desde então algumas coisas mudaram no nosso dia a dia tais como: a limpeza das enfermarias, unidades de doentes, casas de banho, retc.. passou a ser responsabilidade da firma de limpeza.
Quanto a nós á excepção das limpezas as nossas competências mantêm-se, com uma agravante, existe muito trabalho não escrito, não divulgado que fazemos.
A falta de reconhecimento revolta-me sobretudo do chefe directo, (encarregado assistente operacional), são os primeiros a não nos dar credito, precisamente aquele que um dia tambem foi Assistente Operacional.
Somos os mais esquecidos num mundo em que o nosso trabalho é uma mais valia para o bom funcionamento do serviço e bem estar do doente.
Solução???
Para começar, sou apologista de um sindicato só nosso, alguem que nos defenda perante a lei e não nos misture com os demais.
Para mim seria um ponto de partida até mesmo para nos unirmos, se tivermos um defensor directo as conquistas tinham um rosto.
Provavelmente aprendiamos a nos respeitar a nós próprios enquanto profissionais, era-nos exigido ética e profissionalismo, porque as nossas exigencias passariam a ser directas logo teriamos...
Mais direitos...mas tambem mais deveres mas passariamos a ter uma profissão reconhecida pela sociedade.

miguel disse...

boa noite a todos os Exºms tecnicos auxiliares de açao medica, tive a ler alguns comentarios em relaçao ás funçoes que sao desempenhadas por todos voces, e descrevo que e muito injusto certos serviços que lhes sao atribuidos, hora vejamos, como pode um tecnico andar a limpar material contaminado e depois ajudar nas refeiçoes, como pode um tecnico andar a fazer uma alta geral depois de morrer um doente e de seguida ir fazer uma mudança de uma fralda, com estes dois exemplos quero dizer que, por muito que seja desinfectado as maos os germes mantem-se nas roupas no couro cabeludo, enfim é uma vergonha o que estes grandes profissionais fazem todos os todos sobre ordens de todos, porque vejo que nao sao valorizados pelo desempenho prestado em todas as unidades de saude, como refere alguns comentarios concordo plenamente que deveria existir um sindacato para estes profissionais de saude para poder defender os seus direitos, sim porque cheguei ver um enfermeirozito que nem uma arrastdeira colocava pq nao era da sua funçao, pois de seguida foi la o tcnico e eu de seguida apresentei uma queixa contra esse enfermeiro, dentro de uma unidade de saude meus caros Tecnicos, voces todos sao os melhores rofissionais que la esao e mais competentes com as tarefas que lhes sao atribuidas e que voces todos devem lutar porque tem que ser mudificado urgentemente, nao tenham medo sejam unidos nacionalmente. bem acha a todos.

Anónimo disse...

Então e deixarem os lugares para quem queira trabalhar, não?
Continuem escudados no Jerónimo e no Arménio que vão longe.
Coitados dos doentes e do País com as V. greves para trabalharem menos e ganharem mais. E será que houve um Utente que seja que Vos passou procuração para o representar nesta exigência exclusivamente Vossa?
GREVE DE 24.10.2014

Maadge Strong disse...

Boa noite, eu sou brasileira (vivendo no Brasil),e após 2 anos de estudos me diplomei como Técnica de Enfermagem.
Namoro um português e este ano vou para Portugal para me casar e estive a ver de poder exercer a minha profissão por lá mas, fiquei decepcionada ao saber que não existe a minha categoria profissional em Portugal. Há apenas Enfermeiro e Auxiliar de Acção Médica.
Aqui no meu país há três categorias: Enfermeiro, Técnico e Auxiliar.

Os limites das atividades dos profissionais de enfermagem (auxiliar, técnico e enfermeiro) estão definidos no Decreto N° 94.406/87, que regulamenta a Lei N° 7.498/86, sobre o exercício profissional da Enfermagem.

AS ATIVIDADES do ENFERMEIRO estão descritas nos artigos 8° e 9°, AS COMPETÊNCIAS DO TÉCNICO DE ENFERMAGEM, no artigo 10°, e as do AUXILIAR DE ENFERMAGEM, no artigo 11° do referido decreto.

AS FUNÇÕES SÃO DIVIDIDAS POR NÍVEIS DE COMPLEXIDADE E CUMULATIVAS, ou seja, AO TÉCNICO DE ENFERMAGEM COMPETEM AS SUAS FUNÇÕES ESPECÍFICAS E TAMBÉM AS DOS AUXILIARES, enquanto que o ENFERMEIRO é responsável pelas suas atividades privativas, outras mais complexas e ainda pode desempenhar as tarefas das outras categorias.

continuando... Maadge disse...

VEJAM MEUS AMIGOS QUAIS AS FUNÇÕES DESEMPENHADAS POR UM AUXILIAR DE ENFERMAGEM AQUI NO BRASIL:

Art. 11 – O Auxiliar de Enfermagem executa as atividades auxiliares, de nível médio atribuídas à equipe de Enfermagem, cabendo-lhe:

I – preparar o paciente para consultas, exames e tratamentos;

II – observar, reconhecer e descrever sinais e sintomas, ao nível de sua qualificação;

III – executar tratamentos especificamente prescritos, ou de rotina, além de outras atividades de Enfermagem, tais como:

ministrar medicamentos por via oral e parenteral;

realizar controle hídrico;

fazer curativos;

d) aplicar oxigenoterapia, nebulização, enteroclisma, enema e calor ou frio;

e) executar tarefas referentes à conservação e aplicação de vacinas;

f) efetuar o controle de pacientes e de comunicantes em doenças transmissíveis;

g) realizar testes e proceder à sua leitura, para subsídio de diagnóstico;

h) colher material para exames laboratoriais;

i) prestar cuidados de Enfermagem pré e pós-operatórios;

j) circular em sala de cirurgia e, se necessário, instrumentar;

l) executar atividades de desinfecção e esterilização;

IV – prestar cuidados de higiene e conforto ao paciente e zelar por sua segurança, inclusive:

a) alimentá-lo ou auxiliá-lo a alimentar-se;

b) zelar pela limpeza e ordem do material, de equipamentos e de dependência de unidades de saúde;

V – integrar a equipe de saúde;

VI – participar de atividades de educação em saúde, inclusive:

a) orientar os pacientes na pós-consulta, quanto ao cumprimento das prescrições de Enfermagem e médicas;

b) auxiliar o Enfermeiro e o Técnico de Enfermagem na execução dos programas de educação para a saúde;

VII – executar os trabalhos de rotina vinculados à alta de pacientes:

VIII – participar dos procedimentos pós-morte.

continuando... Maadge disse...

EU COMO TÉCNICA DE ENFERMAGEM POSSO DESEMPENHAR AS ATIVIDADES DO AUXILIAR DE ENFERMAGEM E AS MINHAS ATIVIDADES QUE SÃO:

Art. 10 – O Técnico de Enfermagem exerce as atividades auxiliares, de nível médio técnico, atribuídas à equipe de Enfermagem, cabendo-lhe:

I – assistir ao Enfermeiro:

a) no planejamento, programação, orientação e supervisão das atividades de assistência de Enfermagem;

b) na prestação de cuidados diretos de Enfermagem a pacientes em estado grave;

c) na prevenção e controle das doenças transmissíveis em geral em programas de vigilância epidemiológica;

d) na prevenção e controle sistemático da infecção hospitalar;

e) na prevenção e controle sistemático de danos físicos que possam ser causados a pacientes durante a assistência de saúde;

f) na execução e/ou participação nos programas e nas atividades de assistência integral à saúde individual e de grupos específicos, particularmente daqueles prioritários e de alto risco; participação nos programas de higiene e segurança do trabalho e de prevenção de acidentes e de doenças profissionais e do trabalho (neste caso o profissional tem que fazer um curso de especialização em Enfermagem do Trabalho )

II – executar atividades de assistência de Enfermagem, excetuadas as privativas do Enfermeiro e as referidas no Art. 9º deste Decreto:

III – integrar a equipe de saúde.

AS ÚNICAS ATIVIDADES DE LIMPEZA QUE TENHO É COM A HIGIENIZAÇÃO ORAL, CORPORAL E ÍNTIMA DO PACIENTE. CLARO QUE ZELO PELA LIMPEZA DO MATERIAL DE USO (CUBA RIM, BANDEJAS, INSTRUMENTOS E ETC). EU NÃO LIMPO O CHÃO, CAMAS, MACAS, BANCADAS E ARMÁRIOS, BANHEIROS (CASA DE BANHO), NÃO PREPARO ALIMENTOS (EU OS SIRVO AOS PACIENTES E AUXILIO AQUELES PACIENTES QUE TEM DIFICULDADES PARA SE ALIMENTAREM E/OU SE ENCONTRAM SEM ACOMPANHANTES.

AS ATIVIDADES DO ASSISTENTE OPERACIONAL EXERCIDAS EM PORTUGAL, AQUI NO MEU PAIS (BRASIL) SÃO DESEMPENHADAS POR PROFISSIONAIS DA AREA DE LIMPEZA

ENTÃO QUERIDOS AMIGOS SINCERAMENTE E SEM QUERER DESMERECER O ASSISTENTE OPERACIONAL PORQUE SEI DA IMPORTÂNCIA E VALOR DELES DENTRO DE UMA UNIDADE DE SAÚDE, DE CENTROS MÉDICOS E/OU GRANDES HOSPITAIS (SOU GRATA A TODOS ELES) TRABALHAR COMO AAM/AO EM PORTUGAL, EU PREFIRO FAZER MINHAS ATIVIDADES DO LAR CUIDANDO COM DEDICAÇÃO DO MEU MARIDO E FILHOS.

SEI QUE MUITOS PRECISAM TRABALHAR E ACREDITO QUE TODA PROFISSÃO TEM SEU VALOR, MAS EU PARTICULARMENTE E COM TODA HUMILDADE DIGO QUE EU NASCI PARA CUIDAR DO SER HUMANO E ESTUDEI PARA PRESTAR SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA AOS DOENTES.

UM GRANDE ABRAÇO A TODOS VOCÊS E AQUELES QUE QUISEREM TENTAR A VIDA DE ENFERMAGEM TÉCNICA OU AUXILIAR NO BRASIL QUE VENHAM COM FORÇA POR AQUI VOCÊS DESEMPENHARÃO AS ATIVIDADES PERTINENTES A CATEGORIA.

Beijinhos,

Maadge Strong -> maadge@uol.com.br

Alda pereira disse...

nossa que orror depois de ler isso tudo sobre auxiliar de acção médica, e assistente operacional, eu desisto..fui convidada a mandar meu curriculum para o hospital são joão no porto, para assistente operacional, mas depois de ler isso tudo eu desisto se não vou me arrepender de ter tirado este curso...